Direito criminal: como atuar na área?

Advogado penal

O que abrange o direito criminal?

O objetivo é a proteção dos bens jurídicos diminuindo a incidência de crimes designados pela lei de um país.

Direitos como vida, liberdade e propriedade são alguns dos temas que o direito criminal visa defender, por meio do exercício da lei. 

Como funciona a legislação quanto à criminalística?

A criminalística é o ramo do Direito criminal que visa a elucidação dos crimes e o conhecimento dos autores de condutas ilegais, mediante coleta de fatos e vestígios em algum local de crime.

Por isso, esse ramo é muito importante na área criminal, já que, descobrir um autor de crime é o primeiro passo de qualquer processo que envolva situações ilegais.

Como ingressar na área criminal?

Para se tornar um profissional especializado em qualquer área criminal, a pessoa deverá ter um curso superior em Direito completo, e ter passado em algum concuso público voltado para a profissão escolhida.

Os concursos para que uma pessoa torne-se um especialista remunerado nessa área criminal é muito exigente, portanto, o estudante deve estar pronto para enfrentar maratonas de provas extensas, caso queira ingressar na carreira criminal.

Como especializar-se na área criminal?

Quem pensa em fazer carreira na área criminal deverá atentar-se às especializações, afinal, para ser um perito criminal, por exemplo, não basta que o estudante seja formado em Direito.

Para isso, a pessoa deverá ter especialização em Química e Biologia, pois, este profissional trabalhará com provas que serão examinadas em laboratórios e, qualquer erro na identificação de um suspeito pode trazer muitos problemas na vida do trabalhador dessa área.

Esse é só um exemplo, mas, abaixo falaremos sobre outras profissões que necessitam de profissionais bem qualificados para atuar.

Outras profissões para quem se identifica com o segmento

Pensando nisso, citamos 5 profissões para quem se identifica com Direito criminal, a seguir.

Detetive

Quando pensamos em um detetive, logo imaginamos um profissional que vive se escondendo de outras pessoas para encontrar provas ocultas em algum lugar, mas, diferentemente das ficções, esse profissional trabalha a maior parte do tempo em escritórios.

O detetive é responsável não só por detectar um criminoso, mas também para investigar toda a vida dessa pessoa para entender o que fez ela cometer um crime.

Esses profissionais têm acesso a documentos restritos ao governo e a investigações de órgãos do Estado, portanto, é uma profissão que exige muita experiência em Direito Criminal de seus profissionais.

Claro que, sim, existem detetives que trabalham em campo coletando provas para fazer um relatório para alguém, mas nem sempre isso acontece.

Advogado

A função de um advogado criminal diz respeito à defesa de seus clientes, mesmo que ele seja um réu que possui poucas chances de sair impune de um crime.

Esses profissionais atuam em tribunais, acompanhando seus clientes em julgamentos, mas, a maior parte do tempo, hoje em dia, esses profissionais estão trabalhando em um escritório de frente para um computador, produzindo textos que visam a defesa de algum cliente.

Apesar de ser uma profissão muito escolhida pelas pessoas, o advogado criminal possui menos especialistas prontos para atuar.

Policial

Todo crime torna-se um inquérito e depois torna-se um processo judicial até ser julgado pelo juiz, por isso, a investigação criminal começa no momento que o delito é cometido e que a força policial é acionada.

Por isso, um profissional que procura se especializar para ser um policial sairá na frente dos outros, pois, essa profissão é querida por muitos.

Para ingressar nessa área, os estudantes de Direito criminal enfrentam grandes concorrências e têm que passar por jornadas exaustivas de provas físicas e até psicológicas, afinal , essas pessoas tratam diretamente com o perigo.

Auxiliar forense

O auxiliar forense é o profissional que auxilia o perito na investigação de condutas criminosas e a pessoa que sonha com esse tipo de profissão terá que lidar com pessoas que não são muito receptivas com o exercício dessa profissão, afinal, um  investigador desses pode saber toda a vida pregressa de um criminoso.

Claro que essa não é a questão, mas é um ponto que deve ser considerado por quem busca especialização para trabalhar como auxiliar forense.

Profissional de perícia

O profissional de perícia é responsável por conduzir toda investigação, desde o momento que os especialistas estão avaliando a cena do crime, até o momento que o caso já foi resolvido.

Mas, convenhamos, todas as profissões que foram citadas aqui são escolhidas por quem deseja fazer Direito criminal por um simples, mas importantíssimo motivo: salários  melhores.

Não vamos entrar nesse mérito, aqui, mas essa é uma questão que, realmente, faz parte do imaginário de pessoas que estão se formando em Direito Criminal, hoje  em dia.