4 Dicas de como vestir o bebê no inverno

Bebê feliz

A chegada dos dias frios requer cuidados no momento de agasalhar o bebê, pois a temperatura deles – principalmente dos recém-nascidos – é diferente da nossa.

Vestir o neném por meio de camadas de roupas é a melhor maneira de mantê-lo aquecido. Dessa forma, é mais fácil realizar a troca de fralda e fazer ajustes rápidos, caso ele fique com calor ou se suje.

Está com dúvida de como arrumar o bebê corretamente no inverno? Continue conosco para entender melhor sobre a construção de camadas de vestimentas e para evitar ultrapassar a quantidade adequada.

Quantidade de roupa ideal para vestir o bebê no inverno

Nos dias frios é importante aquecer o neném com roupas quentinhas, mas tenha cuidado para não deixá-lo superaquecido.

É comum o aumento de doenças respiratórias nos períodos de baixas temperaturas, por isso é essencial proteger o bebê por meio de mais peças de roupa.

Porém, aquecer um recém-nascido, além do necessário, pode acarretar em uma leve desidratação por excesso de suor e deixar bebês maiores irritados e chorosos.

Confira as próximas dicas para tornar mais fácil a decisão de quantas vestimentas colocar no neném e como mantê-lo aquecido no inverno.

1. Construa camadas

Pensar no conforto e na segurança do bebê é indispensável na hora de vesti-lo. Por conta disso, construir camadas de roupas é a maneira ideal para garantir que ele esteja com a temperatura adequada e, ao mesmo tempo, fique tranquilo e protegido.

O body de algodão com manga comprida é uma boa opção para começar, assim como uma calça com o mesmo tecido. 

Por cima, você pode inserir um macacão. Esse tipo de peça é prático de colocar e tirar, além de ter alternativas finas – para os dias que não estão tão gelados – e mais grossas – ideais para aqueles dias de frio intenso.

Entre os diversos tipos tecidos de macacões, estão:

  • plush – com toque macio e suave, indicado para temperaturas mais baixas;
  • flame – confortável e com textura fina, ideal para dias amenos;
  • soft – tecido grossinho, próprio para invernos mais rigorosos.

Casaquinhos de malha também são interessantes, você pode escolhê-los ao invés do macacão ou usá-los juntos.

A Academia Americana de Pediatria indica que as camadas sejam construídas a partir de quando o clima está abaixo de 24 graus. Monitorar a previsão do tempo pode auxiliar na hora de vestir o seu bebê adequadamente.

2. Atente-se para as extremidades

Proteger as extremidades, como cabeça, mãos e pés, é essencial para manter o neném aquecido. 

Em dias de frio intenso, lembre-se de usar acessórios para deixá-lo quentinho. Luvas, meias e toucas são ótimas opções de peças que ajudam a conservar a temperatura ideal.

3. Invista em mantas e cobertores

Um sono tranquilo é possível quando o bebê está com a temperatura corporal amena, ou seja, sem excesso ou falta de roupa.

Na hora da soneca, opte por usar mantas e cobertores que sejam leves e quentinhos, mas tenha cuidado para não ocorrer sufocamento. 

Os recém-nascidos ficam confortáveis quando são enroladinhos em uma coberta, como um charutinho. Assista ao vídeo do canal do YouTube Manual do Recém-nascido, da mãe e empresária Dayane dos Anjos, para aprender a técnica.

Os sacos de dormir são opções mais seguras e ideais para as noites de sono ou para quando você não consegue ficar vigiando, pois eles permitem que o bebê se movimente, fique aquecido e é adaptado para proteger contra o sufocamento.

4. Tenha diversas trocas

Os pequenos sujam as roupinhas com facilidade. Por conta disso, o ideal é ter diversas peças para trocar sempre disponíveis. 

Em alguns locais, o inverno é acompanhado de chuvas intensas. Lembre-se de ter peças suficientes nesses períodos.

Quais são os sinais de que ele está com frio?

Certificar que o bebê está bem agasalhado é importante. Identifique se precisa colocar mais peças verificando a temperatura das costas, barriga ou peito dele. Caso nesses locais ele esteja gelado, é necessário acrescentar uma camada de roupa.

Entretanto, se o neném estiver com os cabelos da nuca molhados, as bochechas vermelhas, as roupinhas úmidas ou irritado, ele está com excesso de vestimenta. Retire uma camada e aguarde alguns minutos para saber se a quantidade está adequada.

Averiguar a temperatura nos pés e nas mãos não é a maneira adequada, pois essas partes do corpo costumam ser mais frias que o restante.

Caso continue com dúvidas, você pode medir a temperatura com um termômetro. O ideal é que ela esteja entre 36,5 a 37,2 graus. Cuidado para não confundir febre com calor ao verificar um grau elevado.

Os bebês sentem mais frio do que os adultos?

Um recém-nascido demanda mais cuidados em relação às vestimentas. Eles possuem uma pele mais sensível e o seu sistema termorregulador (controle de temperatura natural do corpo) não está ainda maduro.

Por conta disso, redobre os cuidados durante os primeiros meses de vida do neném. Verifique com frequência a temperatura corporal e invista em peças confortáveis e quentes, principalmente se o nascimento ocorrer no inverno.

Pronto! Agora você está preparada para vestir corretamente o seu neném durante o inverno. Seguindo todas as dicas que foram mencionadas neste artigo, você terá facilidade em identificar se a roupa está adequada, precisando retirar ou acrescentar peças.

Compartilhe este conteúdo com familiares e amigos que possam se interessar pelo assunto. Caso tenha ficado alguma dúvida, recorra aos comentários para que possamos lhe ajudar.