Qual a importância da alimentação hospitalar na recuperação do paciente?

Comida hospitalar

Conhecemos bem a fama das comidas hospitalares. Os relatos de alguns pacientes são negativos em grande parte das vezes, mas será que isso é uma regra? A alimentação hospitalar é de fato ruim?

Continue lendo esta postagem para entender qual a importância da dieta à qual o paciente é submetido durante uma internação e como ela pode ser muito mais agradável do que as pessoas imaginam.

Por que a dieta é importante?

A dieta hospitalar é muito bem elaborada e segue rígidos padrões. Um paciente internado em uma unidade de saúde está, naturalmente, enfraquecido e necessita de cuidados. Além dos medicamentos, as instalações, a higiene, os cuidados pessoais e a alimentação fazem toda diferença.

Portanto, é um conjunto de fatores integrados que garantem a recuperação e o bem estar do paciente. 

Agora, a respeito da alimentação, compreenda como ela pode ser decisiva. Sua implementação garante o fornecimento correto de nutrientes para o corpo adoecido ou convalescente, ajudando-o a se recuperar mais rapidamente. 

Outra contribuição da dieta é a sua capacidade de fortalecer o organismo e fazer com que o indivíduo consiga superar os desafios que envolvem uma internação. Ele vai passar por diversos procedimentos, muitas vezes invasivos, e precisa estar bem nutrido para manter suas taxas equilibradas. 

Sabemos que nossa relação com a comida vai muito além de suprir necessidades físicas. Comer estimula os sentidos e nos faz experimentar boas sensações. Por isso, a dieta hospitalar pode acabar ajudando também mentalmente o paciente.

Como o diagnóstico influencia na alimentação do paciente?

Em alguns casos, principalmente em quadros mais graves, a dieta é montada de acordo com as necessidades que o estado de saúde traz para o paciente. Por exemplo, pessoas com câncer têm grande perda energética e precisam de uma alimentação mais forte.

Já pessoas com queimaduras, por exemplo, têm mais necessidade de proteínas e isso é inserido em sua dieta. Do mesmo modo existem quadros nos quais o paciente precisa retirar algo de sua dieta, como o açúcar em diabéticos. 

Enfim, a dieta pode ser estabelecida de acordo com o quadro de saúde do paciente, auxiliando em sua recuperação e sendo coadjuvante em todo o tratamento. É aí que reside a importância do diagnóstico correto. 

Porém é comum que pacientes percam o apetite durante o período de internação. Muitos se recusam a comer o cardápio oferecido por não sentirem prazer naquele alimento. Nesses casos, cabe aos profissionais da saúde tratarem individualmente de cada caso para estudar a possibilidade de modificar o menu.

Como o cardápio do paciente é elaborado?

Numa cozinha convencional, seja de casa ou de um restaurante, todo o processo produtivo se inicia a partir da elaboração do cardápio. É ele que vai determinar o que vai ser feito, como vai ser feito e em que ordem tudo será produzido.

Igualmente, em uma cozinha hospitalar é o cardápio que vai orientar a produção. Ele determina a quantidade, a ordem, as matérias primas e a pessoa que vai fazer aquela comida. 

São produzidos diferentes pratos, que o nutricionista vai direcionar aos pacientes corretos para que a alimentação cumpra seu papel complementar no tratamento do paciente. A elaboração do cardápio é feita seguindo quatro princípios: quantidade, qualidade, adequação e harmonia. 

Existem inclusive empresas especializadas em fornecer pães para hospital. Eles são tão saborosos quanto os convencionais e são produzidos de maneira a se encaixar corretamente nas diferentes dietas dos pacientes. 

A comida do hospital é ruim?

Agora vamos responder à pergunta mais esperada: a comida do hospital é ruim? Esta é uma visão um tanto antiquada, pois as coisas mudaram bastante no decorrer dos anos. 

Atualmente, os hospitais têm investido cada vez mais na qualidade da dieta dos pacientes e até elaboram pratos mais criativos, que estimulam o paciente a comer. A experiência da internação tem se tornado cada vez menos desafiadora devido a iniciativas como esta. 

Algumas unidades hospitalares usam pratos coloridos para divertir as crianças, outros perguntam ao paciente quais seus alimentos preferidos para ver a possibilidade de incluí-los na dieta. Esse trabalho humanizado pode mudar positivamente o quadro de saúde de uma pessoa. 

Fonte: https://saudedasaude.anahp.com.br/nutricao-no-hospital-por-que-a-dieta-e-importante-na-recuperacao-do-paciente/

Ordenha mecânica ou ordenha manual: vantagens, desvantagens e principais diferenças?

Leite fresco

Uma coisa é aprender a ordenhar manualmente uma vaca , outra é ordenhar uma vaca usando uma máquina de ordenha. Uma coisa certa é que requer menos trabalho para realmente ordenhar a vaca, mas mais trabalho será envolvido para garantir que a máquina esteja limpa e bem mantida antes e depois do uso.

Entenda como funciona cada processo e quais suas vantagens e desvantagens.

Como é feita a ordenha manual?

Por milhares de anos, a única maneira de os humanos obterem leite de uma vaca leiteira era manualmente, um processo trabalhoso que pode levar até 30 minutos por vaca. Esse processo ainda é usado quando o produtor tem um número pequeno de animais.

Consiste basicamente em higienizar as tetas da vaca e realizar a ordenha com as mãos, fazendo o movimento correto. Os materiais utilizados são, basicamente, um balde, uma peia, um coador e um banquinho para o ordenhado sentar. 

Vantagens e desvantagens

A primeira e talvez a melhor vantagem de ordenhar manualmente suas vacas, cabras ou ovelhas é que você tem um contato mais próximo com o animal. Há algo muito pessoal e satisfatório quando se trata de  ordenhar cabras, vacas ou ovelhas manualmente, e muitos fazendeiros sentem que a experiência é aquela que realmente dá a sensação de que estão em uma fazenda.

Além disso, se você tiver apenas um animal ou dois para ordenhar, a ordenha manual é indiscutivelmente a melhor opção. No entanto, isso não se aplica se você tiver um animal exigente ou se a vaca, ovelha ou cabra produzir uma quantidade considerável de leite.

No entanto, as desvantagens da ordenha manual são consideráveis, especialmente se você for mais velho ou tiver dificuldade em usar as mãos para tarefas como a ordenha.

  • Esforço: O esforço de até mesmo ordenhar uma única vaca pode ser doloroso e certamente cansativo para quem sofre de artrite ou já tem uma certa idade.
  • Leite impuro: mesmo se você usar uma peneira, haverá algum tipo de sujeira, detritos e até mesmo partículas de esterco no leite, o que pode torná-lo menos saudável para você consumir.
  • Consumir tempo: Leva tempo quando se trata de ordenhar ovelhas, vacas ou cabras. O tempo que pode ser usado em outro lugar em sua propriedade ou fazenda.

Como é feita a ordenha mecânica?

Na ordenha mecânica, o leite é retirado das tetas da vaca por um vácuo que é criado dentro do dispositivo do copo, forçando o leite através do canal da teta. O pulsador alterna a pressão, primeiro criando um vácuo (fase de leite) e, em seguida, aplicando ar, o que faz com que o forro flexível do copo se feche e massageie o teto (fase de repouso). 

O processo alternado de leite e repouso é continuado em um padrão rítmico para a saúde das vacas e boa produtividade do leite.

A ordenha mecânica exige um pouco mais do que a ordenha manual, não só em termos de equipamentos mas também com relação aos processos. Entenda como ela acontece passo a passo:

  • Verificação e limpeza da máquina, pois o leite cru tende a secar e grudar nas peças e convidar sujeira e outros objetos estranhos para as diferentes partes da máquina, o que pode acabar contaminando o leite
  • Anexar os tubos e tampas à máquina corretamente. Qualquer um que não esteja conectado corretamente (ou não esteja conectado) não criará uma vedação a vácuo necessária para a ordenha.
  • Colocar a vaca em pé em seu suporte com um pouco de ração, ela precisa estar confortável. 
  • Limpar o úbere para evitar contaminação.
  • Mergulhe as tetas com uma solução de iodo a 70%, espere secar, remova o excesso com um pano limpo e não toque mais nelas.

Vantagens e desvantagens.

Para quem tem uma ou duas vacas, talvez um par de cabras ou ovelhas, a ideia de comprar uma máquina de ordenha pode parecer, à primeira vista, um grande investimento para uma quantidade aparentemente pequena de trabalho. No entanto, existem vantagens consideráveis ​​quando se trata de usar uma máquina.

  • Leite Limpo: Graças à bomba de vácuo que se ajusta firmemente em torno da teta, não há sujeira, resíduos ou esterco que penetre no leite. Tudo o que você precisa fazer é limpar rapidamente a tetina antes de começar e você terá um leite limpo como resultado.
  • Ordenha rápida: como a máquina é portátil, ela é mais fácil e rápida de usar do que a ordenha manual. Uma vez que a máquina é conectada, o ordenador garante que você obtenha mais leite em menos tempo enquanto o animal permanece confortável.
  • Fácil de usar: Isso é particularmente bom para quem tem problemas para usar as mãos, pois a máquina exige muito menos mão-de-obra.

As desvantagens desse processo tem mais a ver com os cuidados necessários com a máquina do que com a própria ordenha em si.

O que é Streetwear: entenda o estilo e veja dicas de looks

Estilo mais despojado

Seu look streetwear está dentro do estilo? Se você está na dúvida com relação a isso, acompanhe esta postagem e aprenda como surgiu o estilo e fique por dentro das dicas dos especialistas para não errar. 

O que é e como surgiu o estilo streetwear?

Primeiramente, vamos entender qual é a história do Streetwear, como e onde ele surgiu. Isso vai fazer você entender que se trata muito mais do que simplesmente uma roupa descolada, ele é uma expressão de moda. 

Os pioneiros desse movimento, lá na década de 80, eram homens. Por isso as primeiras roupas foram confeccionadas pensando no público masculino. Além disso, o estilo seguia a moda dos surfistas. 

Portanto, eram roupas maiores, camisetas despojadas e mais largas. A ideia era ir contra a moda mais refinada e elegante que estava em alta naquela época.  A fórmula era simples: as pessoas usavam camisetas e moletons porque gostavam disso. Este uniforme estava vinculado ao conforto e à auto expressão.

Como outros movimentos culturais importantes, o streetwear cresceu rapidamente e simultaneamente nas principais cidades e regiões do mundo. À medida que cresceu, fortaleceu a cultura negra, que foi pioneira no uso desse estilo e na associação dele ao Rap. 

Quais os principais elementos que compõem o streetwear?

Algumas peças de roupa são indispensáveis para compor o estilo. Veja quais elementos não podem faltar:

Boné streetwear

É impossível pensar em estilos urbanos sem associá-los diretamente ao uso dos bonés. Principalmente os de aba reta, são uma das principais expressões do estilo streetwear.

Por isso, ele é um elemento indispensável. E à medida que o tempo foi passando, o acessório foi se tornando mais democrático, sendo fabricado tanto para homens quanto para mulheres. 

Touca streetwear

Além do boné, a touca também fez a cabeça dos adeptos desse estilo. Principalmente no inverno, homens e mulheres jovens aderem ao uso do acessório para compor o look, seja para o dia ou para a noite.

Principalmente aquelas toucas mais curtas são bastante utilizadas e dão um ar mais sofisticado ao estilo despojado, causando uma mistura de certa forma impactante. A escolha é ideal para o tempo mais frio ou para participações artísticas, por exemplo.

Tênis streetwear

Outro item indispensável para o streetwear! Se a intenção do look é justamente deixar você mais confortável, o tênis é a composição ideal. Existem os mais variados modelos, mas os mais procurados são aqueles maiores e super coloridos.

Algumas pessoas também gostam de usar tênis com cano mais alto, estilo basqueteiras. Eles são confortáveis e estilosos, além de protegerem bem os pés e os tornozelos, o que é bom para a prática de alguns esportes de rua. 

Camiseta T-shirt streetwear

A camiseta é um elemento primordial, que tem algumas especificidades. Ela precisa ser comprida e larga, geralmente corresponde a um ou dois tamanhos maior que as camisetas convencionais. 

Preferencialmente, deve ter estampas despojadas, mas também pode ser lisa e sem qualquer detalhe. Muita gente dá preferência às brancas ou pretas, mas a cor também pode variar de acordo com o seu gosto.

Moletom com capuz streetwear

O moletom com capuz vai ser o toque final que vai garantir o despojado do look. Ele, assim como a camiseta, precisa ser comprido e largo. É uma ótima peça para quem vive em cidades onde o clima costuma mudar rapidamente. 

5 Dicas para montar um look e ficar no estilo

Agora que você sabe quais peças são indispensáveis, vamos às dicas para a montagem do look:

  1. Escolha a peça principal. Normalmente é uma peça que vai dizer quais as outras que podem ser usadas. Por exemplo, escolha o moletom primeiro. Com base nele, decida quais as outras peças.
  2. Veja o conforto do look. Não adianta adotar um estilo que se baseia no conforto e ter peças que não proporcionam isso. Veja se a peça te deixa livre, não te aperta e pode ser usada durante todo o dia sem incomodar.
  3. Escolha os acessórios certos. Nem toda combinação vai dar certo. Tenha sempre peças que conversem entre si para facilitar sua escolha.

Como os suplementos alimentares reagem em nosso organismo?

Existem vários tipos de suplementos alimentares no mercado. Cada um foi desenhado para um efeito específico, geralmente relacionado a algum objetivo do consumidor. 

Alguns ajudam a emagrecer, outros a ganhar massa muscular – sem contar os que conferem energia.

Quase todo mundo sabe sobre os resultados dos suplementos. Afinal, é comum receber recomendação de amigos de academia – às vezes até de produtos ilegais e perniciosos.

Mas como os produtos para academia reagem em nosso organismo? Essa pergunta é um pouco complexa, mas tentamos respondê-la neste post. 

Leia até o final!

Suplementos aumentam a massa magra

Há um consenso generalizado de que suplementos aumentam a massa magra. Isso é verdade sim, mas em parte: usar os produtos sem treinar não vai trazer nenhum resultado.

Os produtos mais populares são os reparadores. O Whey Protein é o líder desse segmento, tendo fãs ao redor do mundo. Diversos estudos comprovaram sua eficiência, desde que seu uso esteja enquadrado em uma rotina de exercícios e dieta balanceada.

A massa magra surge quando desgastamos nossos músculos durante o treino. Quer dizer, para ser mais preciso, ela é incrementada na hora de reparar os danos causados pelos treinos, deixando os músculos volumosos e fortes.

Alguns produtos atuam nessa reconstrução muscular, fazendo com que os resultados sejam mais rápidos.

Ajudam a eliminar gordura

Como já mencionamos, há diversos tipos de suplementos no mercado, inclusive para eliminar gordura. Porém, essa queima ocorre de duas maneiras, a direta e a indireta. Ambas têm seu papel na modelagem do corpo.

Alguns produtos forçam a eliminação de gordura. No caso, procuram remover as células lipídicas de maneira artificial, como se fosse uma lipoaspiração – só que sem a cirurgia.

Outros, por outro lado, deixam o corpo mais forte, permitindo que a pessoa treine com mais afinco. Nesse caso, quase todos os suplementos funcionam para eliminar gordura de maneira indireta.

Vale reforçar que não existe mágica aqui. É necessário seguir uma dieta balanceada e realizar exercícios físicos com constância.

Deixam o metabolismo mais rápido

O metabolismo está relacionado às reações que nosso corpo realiza, em vista de manter nosso organismo funcionando. Ele é um dos principais responsáveis pelo emagrecimento passivo, dado que um metabolismo alto ajuda a queimar gordura.

É importante notar que seu valor está relacionado a diversos fatores, principalmente com o gasto calórico diário do indivíduo. Em geral, quem usa mais o corpo tende a ter um metabolismo mais rápido – requisitando mais alimentos.

Os pedreiros, por trabalharem duro o dia inteiro, costumam comer muito durante as refeições. Isso é tão chamativo que existe a famosa piada “prato de pedreiro”, fazendo referência à quantidade de comida que uma pessoa colocou no prato.

Alguns produtos termogênicos aceleram o metabolismo diretamente. Outros, como o Whey Protein e Creatina, permitem treinos mais duros, o que também acelera as reações químicas em nosso corpo.

Entregam nutrientes essenciais

Existe um motivo – até meio óbvio – desses produtos se chamarem suplementos: eles são indicados para complementar a alimentação do indivíduo. Isso está se tornando cada dia mais necessário, em vista da rotina que temos.

É muito comum faltar nutrientes em nossas refeições. Se você não seguir uma dieta balanceada, com certeza falta algo em seu prato – e isso atrapalha os resultados de seus treinos.

As proteínas são vitais para ganhar músculos e manter o corpo forte, de maneira geral. Sem elas, não adianta realizar exercícios de ganho de massa muscular, pois seu organismo não terá material para tal feito.

Podem acarretar vasodilatação

Alguns suplementos têm como ação a vasodilatação, que nada mais é que aumentar o calibre das artérias. Dessa forma, o coração consegue bombear mais sangue para os músculos, permitindo mais nutrientes – e resultados mais rápidos.

Esse efeito também aumenta a quantidade de oxigênio nos músculos. Portanto, é possível realizar mais atividades físicas antes de sentir o desgaste muscular.

Em geral, suplementos dessa natureza são usados em combinação com outros. Dessa forma, os efeitos do segundo são potencializados por causa do primeiro.

Fornecem energia para o treino

Existem suplementos que não entregam quase nenhum elemento essencial ao organismo. No entanto, seus compostos servem para otimizar determinadas reações em nosso corpo, e uma delas é aumentar a energia.

A creatina, por exemplo, atua de maneira direta na produção e armazenamento de ATP pelo músculo. Assim, o atleta consegue treinar por mais tempo – normalmente aumentando a carga de cada exercício.

Embora sejam pequenas alterações no curto prazo, elas mostram seu valor ao longo do tempo, com resultados impressionantes.

Deixam o cérebro ativo

Por último, temos o efeito dos suplementos no cérebro. Alguns deles afetam de forma protetiva nosso sistema nervoso central, afastando diversas doenças, como o Parkinson e o Alzheimer.

Além disso, outros deixam o cérebro muito mais ativo, como é o caso da cafeína. Uma dose antes do treino e você está pronto para uma sessão de muito esforço – mesmo depois do trabalho!

 

Vale a pena contratar uma empresa de recrutamento e seleção?

Recrutamento e seleção

Ao contrário do que muitos imaginam, o processo de seleção e recrutamento de novos colaboradores é extremamente complexo e exige conhecimentos específicos. 

Ter esse processo bem estruturado é fundamental para melhorar a atração de talentos,  evitar alta rotatividade, baixa produtividade das equipes e gastos excessivos com contratações e demissões. 

É preciso analisar o comportamento de cada candidato, currículo, portfólio, fazer testes práticos, conferir recomendações, montar testes em grupo, entrevistas dinâmicas e criar um bom relacionamento com todos os possíveis contratados para ter melhores condições de negociação caso seja necessário. 

Com o recrutamento humanizado, em que o processo é focado no bem-estar das pessoas, esse processo  envolve ainda mais etapas. Embora pareça difícil, ele é necessário para uma relação saudável entre os candidatos e a empresa. Então, a solução para empresas que não têm um departamento estruturado de recursos humanos  ou profissionais especializados para essa atividade é a terceirização de recrutamento e seleção.

Existem diversas empresas especializadas em Recursos Humanos e processos seletivos que prestam esse serviço. É uma opção interessante porque poupa tempo dos gestores do negócio, evita falhas e faz uma seleção mais assertiva conforme suas necessidades e valores.

Algumas prestadoras de serviços ainda fazem o acompanhamento dos novos funcionários por alguns meses para analisar seus resultados e identificar se aquele é o profissional ideal para a vaga – como uma fase de experiência.

Mais uma forma de poupar tempo e recursos para gestores e empreendedores que precisam se novos colaboradores, mas não podem deixar outras funções de lado durante o processo. 

Entenda a seguir como funciona a terceirização de recrutamento e seleção de candidatos e entenda por que é uma opção tão vantajosa para as empresas!

Terceirize o recrutamento de sua empresa para melhores resultados

Essa opção é conveniente para todos os lados. Para a empresa, é possível fazer boas contratações, sem gastar tempo e energia em processos seletivos – momentos que poderiam ser investidos  em outras atividades essenciais para o crescimento do negócio.

Ao candidato, a vantagem é que todas as etapas do recrutamento serão feitas por profissionais capacitados e especializados em processos seletivos. Ou seja, além de ser um serviço humanizado, a pessoa contará  com o apoio de profissionais para tirar dúvidas, executando as etapas com mais liberdade – desempenhando o seu melhor – com menos pressão e no final do processo, poderá se beneficiar de feedbacks construtivos.

Como funciona? É simples. O primeiro passo é o entendimento da vaga, necessidades, valores e preferências da empresa. Então, por meio de reuniões, ambas as partes esclarecerão as dúvidas e alinharão os requisitos, chegando à ideia do que é o candidato ideal para aquela vaga.

Com isso feito, a empresa contratada fará todo o processo de seleção com todas as etapas necessárias, e seus profissionais deverão direcionar ao gestor do processo na empresa cliente, os melhores candidatos para aquela vaga. É possível combinar caso o gestor queira participar de reuniões, ter feedbacks por etapas ou deseja apenas ter o nome do candidato mais indicado no final do recrutamento para contratá-lo. 

Ou seja, todo o processo é terceirizado, feito pela empresa contratada. São recrutamentos simples, rápidos e assertivos. A questão é: vale a pena terceirizar essa atividade? Sem sombras de dúvidas!

Vantagens da terceirização de recrutamento e seleção

Além da economia de tempo, sempre vale a pena buscar especialistas para fazer trabalhos que exigem competências específicas. Muito gestor, líder e empresário não têm conhecimento – e nem deveriam, dependendo do setor que atuam – para analisar comportamentos e estruturar processos seletivos  assertivos.

Dessa forma, é importante contratar profissionais capacitados para essa atividade assim, terá certeza de que encontrará o candidato ideal para a vaga, além de construir um banco de talentos para futuras oportunidades.

Se a vaga for estratégica (gestores e líderes), que têm maior impacto nos resultados e são  capazes de mudar o fluxo de trabalho e desempenho da equipe, é ainda mais importante contar com o apoio das consultorias de recrutamento. Com certeza, vale a pena avaliar um investimento deste tipo.

Outra vantagem é a identificação de talentos. Um bom colaborador pode mudar completamente o rumo de uma empresa. Em alguns casos, o grande diferencial de um negócio é seu quadro de funcionários – que são extremamente qualificados, engajados e competentes.

Já parou para pensar por esse lado? Então o recomendado não é contratar apenas bons profissionais. O ideal é encontrar talentos, aqueles que se diferenciam dos demais candidatos pela sua alta capacidade ao mesmo tempo, que se identifiquem com o propósito da sua empresa.

São esses profissionais que devem ocupar cadeiras importantes na sua empresa e são eles que farão a diferença no dia a dia, trazendo mais resultados para o negócio, mantendo-o sempre competitivo diante dos concorrentes.

Como encontrar esses talentos? Com o apoio de profissionais experientes e capacitados, com o olhar apurado em processos seletivos. A consultoria de recrutamento é ideal nesses momentos, já que buscará todas as características e habilidades necessárias nos candidatos até achar aquele que se diferencia, demonstra um talento real para a atividade.

Onde encontrar consultorias de recrutamento?

Existem diversas empresas de recrutamento e seleção no mercado. Por exigir tantas responsabilidades, o ideal é pesquisar muito antes de contratar alguma. Encontre referências, opiniões de outros clientes e investigue sua confiabilidade.

Para apresentar tantos benefícios como os citados, é preciso contratar empresas qualificadas e com bastante experiência em Recursos Humanos e processos seletivos.

Que roupa devo usar no exame admissional?

Exame médico admissional

Uma das etapas para a contratação de um novo colaborador em uma empresa é o exame admissional.

Para muitas pessoas esse procedimento pode causar ansiedade, seja por não entender sua finalidade, pelas histórias de constrangimento ao trabalhador ou por medo de reprovação.

O exame admissional é uma avaliação médica obrigatória, prevista pelo artigo 168 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). E complementa o trabalho do RH – que foca na análise das experiências, qualificações e perfil do candidato – avaliando as condições físicas, mentais e a saúde do trabalhador.

Esse processo pode gerar muitas dúvidas: que roupa devo usar no exame admissional? Como me comportar? O que esperar? Para eliminar suas incertezas com relação a este processo, elaboramos este artigo, que lhe ajudará a entender o que é e como funciona o exame admissional.

Vamos lá!

O que é o exame admissional

O exame admissional é obrigatório por lei a todos os trabalhadores que executam suas funções em regime CLT e deve ser realizado antes do colaborador iniciar suas atividades na empresa.

O objetivo é conhecer o histórico médico do novo profissional, suas condições físicas e mentais, e se ele está realmente apto para assumir e desempenhar as funções designadas para o cargo.

Trata-se, também, de uma precaução que a empresa deve tomar para ter certeza de que o empregado não possui nenhum problema de saúde ou limitações que podem ser agravadas pela função que ele desempenha no novo emprego.

Cada profissão pode determinar quais exames serão necessários de acordo com suas especificidades, graus de risco e recomendações. 

Por exemplo, para um profissional cujo cargo exige movimentos muito repetitivos, é importante avaliar a presença de lesões e a saúde de suas articulações, o médico pode averiguar a postura e os movimentos deste trabalhador para ter certeza que o quadro não piore.

Qual a importância do exame admissional?

O exame admissional é de extrema importância, pois:

  • É uma forma de proteger a saúde e a integridade física e mental do trabalhador;
  • Serve como respaldo legal tanto para a empresa quanto para o trabalhador, garantindo sua aptidão para realizar a função designada e que ele será indenizado devidamente em casos de acidentes de trabalho, enquanto garante que a empresa não sofra processos por problemas de saúde que o funcionário já apresentava ou adquiriu em outro emprego.

Além disso, é por meio do exame admissional que futuros acidentes podem ser evitados, garantindo que a contratação seja tranquila e segura, e oferece orientações aos empregadores, principalmente em casos de profissionais com limitações físicas e intelectuais.

Quais são os exames admissionais obrigatórios?

O exame admissional configura um procedimento simples e objetivo, para a realização de uma análise básica da saúde do paciente/trabalhador. E dependendo do caso, exames complementares podem ser solicitados pelo médico do trabalho.

Conheça os exames obrigatórios:

Anamnese médica

Consiste numa conversa ou entrevista com o trabalhador para que o médico passe a ter ciência sobre seu histórico de saúde mental e física.

E é com base nessa entrevista que o médico pode encontrar respostas e entender, entre outras coisas:

  • O histórico familiar do paciente;
  • Se seus trabalhos anteriores ofereciam alguma espécie de risco, como ruídos elevados ou exposição a químicos.

Avaliações físicas e psicológicas

Esta etapa é realizada após a anamnese, para identificar se há ocorrência de doenças ocupacionais, lesões, fraturas, etc. É nesse momento que as avaliações físicas e psicológicas são feitas.

A aferição da pressão arterial, da visão, dos batimentos cardíacos, do abdômen, membros e coluna. É possível, também, que sejam solicitados exames de sangue e urina, para verificação da glicemia ou da presença de substâncias tóxicas (álcool e outras drogas).

Exames complementares

Caso seja necessário, conforme a profissão a ser exercida pelo trabalhador, exames complementares podem ser solicitados – audiometria (para profissionais de telemarketing) ou exames para testar a acuidade visual (para motoristas), por exemplo.

Esta categoria de exames são importantes não apenas para cuidar da saúde geral do profissional, mas para dar atenção às especificidades e particularidades de cada ocupação.

Qual roupa usar no exame admissional?

Esta é uma das grandes dúvidas que surgem quando o trabalhador é contratado e precisa realizar o exame admissional.

Mas não há motivo para pânico ou receio. É importante ter sempre em mente que, por mais que este exame tenha suas particularidades, a medicina do trabalho não é muito diferente da medicina clínica, e a abordagem do médico em ambas é similar.

No entanto, a responsabilidade do médico trabalhista é avaliar a aptidão do trabalhador para a função ser exercida e o fornecimento do Atestado de saúde Ocupacional (AOS) após avaliação.

O ideal é que o paciente a ser analisado use roupas confortáveis, principalmente em casos onde serão necessários testes de aptidão para funções que exigem muito esforço físico, sendo necessário, para estes casos, uso de roupas folgadas, tênis.

Durante alguns exames específicos, pode ser solicitada a retirada das roupas, por isso, é sempre bom evitar vestimentas muito apertadas, justas e que dificultem a agilidade do processo. Veja algumas dessas situações:

  • Hérnia inguinal: empregos que exigem muito esforço físico, e exercícios pesados podem agravar ou fazer surgir este problema, que é um deslocamento do abdômen, por isso o médico pode solicitar a retirada das roupas de baixo ou de peças íntimas;
  • Ecocardiograma: para verificação de problemas no coração, onde pode ser solicitada a retirada da blusa, e do sutiã (no caso das mulheres);
  • Radiografia do tórax: que pode ser feito de roupas, mas é necessário se atentar para não deixar peças de metais no corpo.

É possível ser reprovado no exame admissional?

Como dissemos, o exame admissional existe para proteger a saúde e a integridade do trabalhador, e não deve ser motivo de exclusão ou ser usado para impossibilitar sua contratação.

Mas pode acontecer de o candidato ser reprovado, por não estar apto ao exercício de sua função, em termos médicos. Por exemplo, um profissional que precisa ficar muitas horas sentado, mas é identificado uma hérnia de disco que o impede de realizar essa ação. 

Se este for o caso, o candidato tem o direito de receber explicações detalhadas e esclarecimentos sobre qual o motivo da reprovação, que deve estar diretamente ligada à sua saúde e não à sua qualificação e/ou habilidades profissionais.

Qualquer empregador sério, responsável e atento, trata com seriedade a saúde do colaborador e cuida daqueles que são sua força de trabalho, compreendendo e evitando ao máximo os riscos aos quais os trabalhadores podem ser expostos.

O exame admissional é a melhor forma garantir que toda e qualquer situação seja gerenciada com eficiência, evitando doenças, lesões e acidentes.

5 dicas de como economizar dinheiro ganhando pouco por mês

Planejamento financeiro

A maior dificuldade de se viver no Brasil é o salário que muitos recebem no final de cada mês, no qual não dura por muito tempo, decorrente de tantos pagamentos que obrigatoriamente precisamos fazer.

Mesmo ganhando pouco, é possível arranjar um jeitinho para poupar uma parte dessa renda líquida e reservá-la para o futuro. Assim, todos poderemos, algum dia, desfrutar das economias em algo que tanto queremos.

Hoje vou dar algumas dicas de como economizar dinheiro ganhando pouco por mês. Continue lendo e descubra.

1- Controle de gastos, o Planejamento financeiro

Uma grande parcela da população brasileira encontra-se endividada e isso causa ainda mais dificuldade para quem planeja consertar sua vida financeira e começar a economizar dinheiro ganhando pouco por mês.

O problema é exatamente as dívidas que mês a mês se acumulam e fazem parecer que nossos objetivos estão cada vez mais distantes de nós, com isso gerando a desmotivação e o desleixo de gerenciar nossos gastos.

Com isso, saímos comprando tudo que vemos pela frente como uma forma de suprir essa necessidade de saciar um pouco o desejo de realização, mesmo que represente mais uma dívida para ser paga no final do mês.

Para quem ganha pouco, isso é uma catástrofe financeira. Mas, é possível contornar, aos poucos, essa situação complicada. A começar pelo controle rígido de gastos. Vamos começar montando uma planilha com todas as contas a pagar e separá-las por tipo.

  • As contas mais urgentes (indispensáveis;
  • As contas sem urgência (que podem ser deixadas em segundo plano).

Usando o modelo 50/30/20 você pode organizar o destino da sua renda líquida e gerenciar no que são gastos, priorizando antes de tudo a qualidade de vida. A maior parte deve sempre ser destinada a contas fixas como luz, água, etc.

A média parte, os 30% – se a necessidade for grande, pode-se aumentar essa porcentagem – são direcionados a contas variáveis, quitação de dívidas, gastos com serviços, etc.

A parte que sobrou dessa somatória toda é a porcentagem que vai ser poupada e posta em um fundo de emergência ou investimento.

Mas, todas as minhas contas não fecharam com o que eu ganho no mês, e agora?

Bem, se isso aconteceu, tente entrar em contato com cobradores ou renegociar suas dívidas para parcelas menores e mais prazo, assim poderá ajustar o valor até se encaixar no seu orçamento.

Uma dica que eu dou é primeiro focar nas contas mais atrasadas para evitar cair no SPC ou Serasa, em seguida, lidar com as variáveis.

2- Cortando gastos

Quando comparamos os gastos de 30 anos atrás, com os que temos atualmente, percebemos uma adição de muito mais despesas e pouco dinheiro, por exemplo, o consumo streamer, assinaturas digitais de aplicativos, até a própria internet.

A começar pelo corte de gastos nessa área, se você trabalha pela internet, pode optar por escolher um pacote de planos mais baratos e cancelar a contratação de serviços como Netflix e Amazon Prime, que geram gastos extras.

Economize também nas suas saídas, invista mais numa alimentação mais caseira sem idas a bares, lanchonetes ou shoppings.

Compras pela internet só em último caso, quando não há outra opção e haja muita necessidade. A mesma coisa pode ser atribuída ao cartão de crédito, que causa ainda mais gastos altos.

Agora que você já tem uma ideia, pode pesquisar ai nas suas contas e identificar contas que não afetarão sua qualidade de vida caso fique sem. Assim vai gerar mais receita líquida para economizar.

3- Suprima o impulso de compra

Comprar é válvula de escape de muitos brasileiros para diversas situações chatas que geram quedas emocionais que acabam gerando a “compra compulsória”. Existem também aquelas pessoas que apenas gostam de comprar, tudo que vêem ou são loucas por uma promoção.

Nesses casos, pode ser uma boa evitar ir a locais, centros, shopping que incitem essa vontade de comprar. Tentar se controlar também ajuda, mas tenha força de vontade.

Dessa forma você economiza dinheiro ganhando pouco por mês.

4- Crie objetivos a curto, médio e longo prazo

Buscar por metas ou objetivos é um incentivo bem forma para economizar dinheiro ganhando pouco ou muito dinheiro por mês. Quando estamos animados com alguma coisa ficamos focados e é disso que precisamos para seguir na nossa rotina de economia.

Existem diversos objetivos que você pode criar, comprar algo incrível, fazer uma viagem, trocar de carro, levar alguém para jantar, são muitos a escolher e pode até estabelecer prazos para eles.

Objetivos a curto e médio prazo são aqueles que duram até 6 meses ou mais, os de longo prazo passam de 1 ano, então organize-se bem.

Focado nisso, inicie a concretização do seu objetivo separando uma parcela fixa do seu salário por mês, faça disso um hábito mensal.

5- Ganhando mais dinheiro

Vamos voltar lá no primeiro tópico, quando surgiu a dúvida “e se não sobrar dinheiro para economizar?”. Uma opção viável é simplesmente ganhar mais dinheiro. Ficou confuso agora, né? Deixa eu explicar.

Existem muitas formas de conseguir ter a certeza de que se vai conseguir duplicar um determinado valor, nisso já entramos no assunto de investimento. Separe uma parte do valor que seria destinado a pagamento de contas variáveis e utilize para investir.

É realmente complicado falar isso, mas, lembre-se que conversando todos arranjam um jeitinho de dar certo, renegociar a dívida sempre é possível, o que não pode acontecer é você ficar sem dinheiro.

Para isso vamos escolher a opção de investimento de alta liquidez, que seja seguro, rápido e tenha um retorno agradável. Geralmente, investimentos de alta liquidez podem ser retirados entre 1 e 30 dias, gerando lucros para o investidor.

Nessa brincadeira você pode acabar com quase o dobro daquilo que investiu, podendo pagar a dívida posteriormente e usar o resto para adicionar as suas economias. Uma boa dica pra quem quer economizar ganhando pouco dinheiro por mês.

Para começar você pode procurar o seu banco e conversar com o responsável sobre essa possibilidade. Boa sorte e bons lucros!

O que é o FMWhatsApp? Baixar e Atualizar este APK

FMWhatsApp

Pelo nome já dar para imaginar que esta é mais uma versão do WhatsApp que dispõem de funcionalidades bem diferentes e personalizáveis, não é mesmo?

FMWhatsApp é um WhatsApp MOD, você pode usar a função de chat para fazer você falar com seus contatos e aproveitar as demais funções que ele oferece.

Esta é uma modificação do aplicativo original, adicionando novos recursos não disponíveis na versão original. Existem muitos desses modelos diferentes do mensageiro, mas talvez esse seja um dos melhores.

A Fouad Mokdad é desenvolvedora de outros mods APKs, como o FMWhatsApp. Este é um aplicativo gratuito, mas não oficial, porque foi desenvolvido sem a permissão do proprietário do código original. Aqui estão alguns de seus recursos:

  • Mais de 4000 recursos e temas personalizáveis;
  • Mais opções de privacidade;
  • Opções extra de segurança;
  • Aumento do tamanho máximo de arquivos;
  • Novos pacotes de emojis;
  • Personalização em cores.

É seguro usar este tipo de MOD porque existem alguns riscos. Por um lado, é garantido que o destino final de suas informações não é 100% seguro. Por outro lado, você pode ser proibido de usá-lo por violar as regras de uso do WhatsApp Messenger.

Neste caso, você precisará instale a versão oficial do cliente. Como dissemos no início, a principal função deste MOD é nos permitir comunicar com os contatos da agenda que usamos no WhatsApp ou outros clientes.

Você pode fazer isso por meio de mensagens de texto ou chamadas e chamadas de vídeo.

Além disso, há uma seção de status nas histórias do Instagram que permite que fotos, vídeos ou textos sejam carregados para nossos contatos como atualizações de status e visíveis em 24 horas, bem como recursos sociais integrados no aplicativo.

Instalar e Desinstalar o FMWhatsApp APK

Instalar e desinstalar essa nova interface do mensageiro é bem simples e fácil.  Confira a seguir, o passo a passo:

Como instalar?

Para instalar o aplicativo, ele depende da versão do Android usada.

Se for uma versão mais antiga, você deve primeiro permitir a instalação do aplicativo de fontes desconhecidas ou se for uma versão mais moderna, você deve aceitar a permissão do navegador para exibir no telefone. Baixe a versão do WhatsApp APK.

Após obter o arquivo, abra-o. Isso pode ser feito de várias maneiras, seja a partir da notificação recebida após a conclusão do download ou acessando a pasta de download e clicando no arquivo.

Depois de concluir o processo, abra o aplicativo e use o mensageiro normalmente. Siga o mesmo passo a passo de instalação do WhatsApp da versão tradicional.

Veja também: Assistência Técnica de iPhone

Como desinstalar?

Para desinstalar é muito simples e fácil, você vai precisar apenas seguir o passo a passo a seguir:

  • Acesse configurações;
  • Entre na opção Apps & Notificações;
  • Na janela seguinte clique em App info;
  • Procure pelo o aplicativo nomeado como FMWhatsapp e em seguida basta clicar nele;
  • Clique na opção Uninstall;
  • Pronto, será desinstalado o programa.

Atualizando o APK FMWhatsApp

  • Verifique primeiro se a versão a seguir não é a mesma que você já tem;
  • Você será redirecionado para uma página externa;
  • Pois o APK, não é oficial e não estar disponível para download na loja;
  • Clique em instalar;
  • Ao finalizar, basta clicar em Open;
  • Suas conversas irão abrir intactas;
  • Nas configurações do mensageiro, clique nos 3 pontos e em seguida clique na janela Chats;
  • Clique em Fouad Mods;
  • Clique em Updates;
  • Clique na opção Check For Updates;
  • Vai aparecer ser há atualizações disponíveis, basta fazer o download da atualização.

Como faço o backup do FMWhatsApp APK

Não precisa ser preocupar a seguir iremos te ensinar como deixar o sue mensageiro sempre atualizado. Fazer o backup rotineiramente no aplicativo é importante para manter salvo sempre o histórico das suas conversas e documentos importantes ali salvos no mensageiro.

  • Para fazer backup de seu histórico de bate-papo no FMWhatsApp para que você possa recuperá-los a qualquer momento ou em outras versões do WhatsApp, abra o aplicativo e clique nos três pequenos pontos no canto superior direito da interface para abrir o menu de opções.
  • Nas configurações do mensageiro, clique nos 3 pontos e marque settings;
  • Clique na opção chats;
  • Clique em Chat Backup;
  • Se for para iniciar o processo clique na opção Backup;
  • Neste ponto, um backup da conversa será criado e armazenado em um arquivo local no sistema. Para acessar a cópia, você precisa de um navegador de arquivos projetado para navegar até a cópia. Se você não tiver o arquivo, é um dos arquivos mais recomendados no ES File Explorer, clique no próximo botão “Baixar” para obter o APK e instalá-lo.
  • Encontra a pasta backup no seu dispositivo;
  • Instale a versão do WhatsApp que você deseja e em seguida restaure o seu backup.

Viu como é fácil fazer o seu backup? Não tem mistério é importante que você faça isso rotineiramente para manter seguro e a salva todas as informações importantes para você que estão destinadas no mensageiro.

5 pratos típicos da culinária de Maceió: conheça os principais

Viajar para Alagoas é uma das experiências mais incríveis para qualquer turista brasileiro. Afinal, o estado é riquíssimo culturalmente, tem uma arquitetura muito interessante e uma natureza belíssima. Além disso, não podemos negar os fantásticos pratos típicos da culinária de Maceió, sua capital. Portanto, se você tem o objetivo de conhecer o estado, nada de ficar pedindo pizza nas pizzarias em Rappi e foque na culinária típica local.

Com a pandemia do novo coronavírus, ficou mais difícil viajar para outros destinos. Os aeroportos internacionais ficaram fechados por muito tempo, mas mesmo as viagens locais se tornaram perigosas para a população. No entanto, com o início da vacinação das pessoas e a previsão de várias doses no país nos próximos meses, Alagoas já se posiciona como o principal motor da recuperação turística no Brasil.

É claro que lugares como Maragogi terão papel primordial nisso. No entanto, não dá para excluir os pratos típicos da culinária de Maceió dessa recuperação. Quer ver por quê? Siga a leitura do artigo abaixo para conhecer alguns exemplos de pratos típicos da região!

5 pratos típicos da culinária de Maceió

1. Bolinho de goma

Se você é sudestino ou sulista, provavelmente conhece “goma” como uma coisa diferente do que outras partes do país conhecem. Em vez de ser o docinho meio plastificado que vende-se em qualquer supermercado, originalmente o termo goma vem de engomar, que antigamente era algo feito com a clara do ovo. Como sobrava a gema, muitos doces eram feitos com isso e eles acabavam ganhando o nome de goma também.

Um quitute típico de Maceió é o bolinho de goma, que tem esse nome justamente por ser feito de gema de ovo. Uma espécie de broa, esse quitute ainda leva amido de milho, leite de coco, margarina e açúcar. Cada bolinho é feito à mão e assado com muito carinho. O resultado é uma broa deliciosa!

2. Chiclete de camarão

Outra confusão linguística entre Maceió e outras partes do país se vê no Chiclete de Camarão. Esse prato não tem nada a ver com o docinho de mastigar vendido pelo país, mas é sim uma iguaria muito curiosa e exclusiva de Alagoa. Basicamente, o prato é composto por camarão com um creme derretido de vários queijos, como mussarela, requeijão, parmesão, gorgonzola e provolone. Além disso, ainda se adiciona creme de leite e temperos, como cheiro verde, para um resultado ainda mais cremoso e delicioso.

3. Siri mole ao coco

São poucos os turistas que viajam até Maceió e não provam um delicioso Siri Mole ao Coco. O prato é muito comum na capital de Alagoas (e em outros municípios também) pois o estado tem várias lagoas que produzem mariscos e moluscos em grande quantidade.

O prato é uma espécie de ensopado feito de siri e coco, além de vários legumes diferentes e servido acompanhado de farofa e arroz. O sabor é forte, não negamos, mas é uma delícia sem igual.

4. Sururu de capote

Você provavelmente não o conhece, mas o sururu é um pequeno marisco que vive em conchas encontradas em Alagoas. Ele é capturado vivendo dentro dessas conchas localizadas em águas doces do estado. Esse prato é feito com o sururu cozido dentro da própria concha, com um conjunto de temperos diferentes. O prato é servido como petisco ou como refeição principal. Nesse segundo caso, ele ainda vai acompanhado de pirão, purê e pimenta.

5. Arrumadinho de feijão

Por fim, não dava para finalizar a lista sem o Arrumadinho de feijão. O prato é feito com feijão verde ou fradinho, acompanhado de carne de sol, ervas e linguiça. Ele é servido acompanhado de vinagrete e farofa. Em alguns casos, vai com um pouco de arroz também. É uma delícia!

Pronto! Agora você já conhece alguns pratos típicos da culinária de Maceió. Vai dizer que não bateu aquela vontade de comer um siri mole ao coco ou um arrumadinho de feijão? Sem a menor dúvida, a culinária será uma das principais experiências da sua viagem à Alagoas. Portanto, se você pretende conhecer o estado pela primeira vez em 2021, prepare o estômago e já comece a fazer as malas!

Antes de ir, conte pra gente: qual desses pratos pareceu mais apetitoso para você?

 

Os principais cuidados ao fazer escova progressiva em salões de beleza

Certamente, vários métodos foram criados para alcançar o liso perfeito. A escova progressiva é um dos modos mais procurados nos salões por todos os gêneros. Os cabelos soltos, leves e sedosos são os mais cobiçados. Isso porque o alisamento reduz o volume do cabelo e dá muito mais movimento aos fio. Além, é claro, de facilitar muito a vida, já que não bagunça tanto na hora de acordar.

Apesar de produzir um efeito imediato a melhor escova progressiva é conhecida por ser um processo gradual de tratamento. A cada sessão a aplicação do produto vai acalmando mais e mais os fios. Apesar de toda a polêmica levantada sobre as composições químicas do produto, o procedimento é ainda muito procurado, principalmente pelas mulheres.

O que é a escova progressiva?

A princípio, antes de se submeter ao tratamento dos cabelos, é bom saber do que se trata a escova progressiva. A princípio, esse método é basicamente um processo químico feito nos fios para abaixar o volume deixá-los completamente lisos. O produto faz com que o cabelo fique macio e maleável. Mas, para isso, a química altera diretamente a estrutura do cabelo.

No início, os salões de beleza usavam bastante a substância do formol, mas com o tempo esta opção foi sendo barrada. Hoje em dia, a quantidade permitida é de 0,2%. Há muito risco envolvido para a saúde ao utilizar a fórmula do formol. Mas, nada que a tecnologia não resolva. Já foram desenvolvidos métodos capazes de produzir o mesmo efeito e garantir o liso perfeito nos cabelos.

Cuidados para a aplicação da escova progressiva

Existem alguns cuidados básicos que servem para todas as opções de escovas progressivas. Tanto para a pessoas que receberá a aplicação, quanto a aplicadora precisam se prevenir para não causar nenhum acidente indesejável. Antes de mais nada, é preciso separar os seguintes instrumentos de trabalho:

  • secador de cabelo e chapinha
  • luvas
  • recipiente para o produto
  • pincel
  • pente com cabo fino e escova
  • produto da sua preferência
  • shampoo anti-resíduo

Modo de preparo e aplicação

Antes de começar a aplicação é necessário lavar bem os cabelos com o shampoo e secar cerca de 70% dos cabelos. É preciso que não esteja encharcado, nem totalmente seco. Lembre-se que a profissional deve se proteger com as luvas e despejar o produto no recipiente escolhido. Respeitando o limite de 1 cm do couro cabeludo, os cabelos serão separados em mechas e aplicação do produto será feita uniformemente.

É preciso prestar bem à atenção nas instruções dadas na embalagem do produto. Deixar agir durante o tempo indicado pela marca e enxaguar bem o cabelo com água fria. É importante se certificar de não ter deixado nenhum resíduo para trás. O cabelo deverá ser secado novamente com o secador até ficar bem sequinho. Depois disso, as mechas serão separadas mais uma vez para passar a chapinha.

A aplicação está pronta. A repetição do processo tem indicação mínima de 2 meses de intervalos de uma aplicação para a outra. Não tem segredos, mas, na dúvida, se não tiver certeza do que fazer qual o melhor produto usar, procure a sua cabeleireira e consulte uma proposta adequada para você.

Cuidados pós-progressiva

Para manter o seu liso perfeito é necessários alguns cuidados essenciais na rotina do seu cabelo. Hidratação é um dos principais hábitos a seguir. Após a aplicação o produto cria-se uma camada envolta do fio e garante que o alisamento dure por mais tempo. Mas, ao mesmo tempo que o protege, o tratamento impede a produção da oleosidade natural dos fios.

Não se desespere se as pontinhas do cabelo ficarem ressecadas, porque é normal posterior ao procedimento. Isso ocorre pelos mesmo motivos descritos no parágrafo anterior. O óleo natural não desce para as pontas do cabelo e acaba se acumulando no couro cabeludo. É aí que entra a hidratação!

Por fim, outra dica é evitar lavar as madeixas no período de três dias de aplicação e, dependendo do produto usado, evitar prender o cabelo. Isso pode diminuir o tempo de ação e deixar marcas ao longo dos fios. No mais, fique de olho nas dicas de hidratações caseiras e mantenha o seu liso sedoso e perfeito!